Brasil enfrentará a Croácia nas oitavas de final do Mundial de Tênis de Mesa

Brasil enfrentará a Croácia nas oitavas de final do Mundial de Tênis de Mesa

Compartilhe esse conteúdo

A Seleção Brasileira masculina vai enfrentar a Croácia nas oitavas de final do Campeonato Mundial de Tênis de Mesa por Equipes, em Halmstad, na Suécia. O sorteio aconteceu no início da noite desta quarta-feira (2). A partida das oitavas de final acontece nesta quinta-feira (3), às 14h (de Brasília). Caso os brasileiros passem de fase, terão a Alemanha pela frente nas quartas de final.

Na primeira fase, o Brasil ficou em segundo lugar no forte grupo B, que tinha China, Portugal, Rússia, República Tcheca e Coreia do Norte. Os brasileiros venceram quatro partidas e só perderam para os chineses.

O adversário foi uma das surpresas deste Mundial. Originalmente a quinta força do grupo D, venceu equipes importantes no cenário mundial, como a Coreia do Sul, que foi a primeira colocada do grupo.

Os outros confrontos das oitavas de final são: Japão x Hong Kong, Taiwan x Suécia e Áustria x Portugal.

Seleção feminina disputa a 13ª colocação

A equipe feminina do Brasil - sexta colocada no Grupo D na fase inicial da competição - já sabe com quem medirá forças na próxima fase do Mundial de Equipes. Na disputa do 13º ao 24º lugar, as meninas vão jogar com a Polônia, quinta colocada do Grupo C, nesta quinta-feira (3), às 8h (de Brasília).

O técnico Hugo Hoyama elogia a equipe adversária, mas considera totalmente possível um triunfo brasileiro.

"Enfrentaremos um time forte, mas com o qual teremos condições de brigar por um bom resultado. Tivemos hoje para nos prepararmos para essa partida", destacou Hugo, que elogiou a atuação de suas comandadas contra a Coreia do Sul e deu o caminho para sua equipe realizar uma grande partida.

"O mais importante será entrarmos com muita confiança e concentração, no mesmo nível do jogo com a Coreia. Assim teremos chance de vencer".

Em seu grupo, a Polônia bateu a República Tcheca (3 a 2) e perdeu quatro duelos, contra Holanda (3 a 2), Taipei (3 a 1), Romênia (3 a 1) e Coreia do Norte (3 a 0).