Pedreiro confessa assassinato da menina Iasmin Lorena em Natal e diz que agiu sozinho

Pedreiro confessa assassinato da menina Iasmin Lorena em Natal e diz que agiu sozinho

Compartilhe esse conteúdo

O pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, suspeito de participar do desaparecimento da adolescente Yasmim Lorena e preso na tarde desta quinta-feira (27), confessou a polícia que matou a garota.

A Polícia Civil que já desmentiu boatos de que a mãe da menina teria participado do crime, fará uma coletiva de imprensa na tarde de hoje (27) para divulgar mais detalhes do depoimento de Marcondes. Mas, já adiantou que o pedreiro afirma ter agido sozinho.