Eduardo Berrettini, gerente técnico da GS Inima Brasil, apresentou projeto em Natal / Tiago Lima

Dessalinização é alternativa para combater a crise hídrica

GS Inima Brasil, apresentou projeto vencedor da PMI lançada pelo governo do Ceará para instalação de estação de dessalinização no Congresso da Abes, em Natal

GS Inima Brasil, apresentou projeto vencedor da PMI lançada pelo governo do Ceará para instalação de estação de dessalinização no Congresso da Abes, em Natal

Dessalinização: tecnologia, planejamento e modelo de negócios foi o painel da qual a GS Inima Brasil participou no Congresso ABES 2019, cujo tema global é Como tratar igual os desiguais, apresentando o estudo da GS Inima escolhido pelo governo cearense, juntamente com a Cagece (Companhia de Água e Esgoto do Ceara), para combater a crise hídrica que se abate sobre a região metropolitana de Fortaleza.

O detalhamento da planta de dessalinização, com capacidade de produzir um metro cúbico (m3) de água potável por segundo e atender aproximadamente 300 mil pessoas, foi feito pelo engenheiro Eduardo Berrettini, gerente técnico da GS Inima Brasil.

A implantação da primeira dessalinização de grande porte no país está em processo de licitação pelo governo do Estado do Ceará. A planta deverá se basear no projeto da GS Inima Brasil que elegeu a tecnologia de Osmose Reversa (OR) para tratar a água do mar que será convertida em água potável.