Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Danuza D'Sales
 Danuza D'Sales no curta 'Verde Limão' / Paulo Fuga

O RN amanhece triste com a morte de Danuza D’Sales, vítima de infarto

Famoso por sua irreverência, Arruda Sales vivia a Drag Queen Danuza D’Sales há mais de 30 anos

A manhã desta sexta-feira chegou com a triste notícia de que Arruda Sales, a Drag Queen Danuza D’Sales, uma das mais irreverentes figuras da cultura potiguar, nos deixou após sofrer um infarto aos 64 anos de idade.

Arruda Sales carregou consigo a história de uma vida de superação, nascida no Engenho Mipibú, onde ajudava seus pais na fabricação de rapadura e mel e contribuia na produção de cachaça no engenho de seu avô, ela deixou o anônimato interiorano para ganhar notoriedade na capital potiguar, se tornando um ícone da cultura popular do Rio Grande do Norte, quando extravasava toda sua irreverência nas ondas do rádio natalense.

O personagem ‘Danuza’ se tornou figura carimbada nos eventos de Natal e região e passou a ser requisitado em festas e solenidades em estados vizinhos.

Além de seu personagem Danuza D’Sales, Arruda também era conhecido como exímio artísta plástico, onde retratava em telas seus fascínios de criança, como lendas e bailarinas, uma de suas paixões de infância.

A melancolia da chuva que cai sobre Natal nesta sexta retrata a tristeza da cultura popular potiguar ao saber que, neste amanhecer, perdeu uma de suas figuras mais importantes, o querido Arruda Sales, ou simplesmente, Danuza D’Sales.