Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Magnus Barretto, agropecuarista e delegado de Polícia Civil aposentado: "Não se pode fazer política com mentiras"
 Magnus Barretto, agropecuarista e delegado de Polícia Civil aposentado: "Não se pode fazer política com mentiras" / Reprodução / Facebook

Magnus Barretto sai em defesa do irmão que perdeu cargo de prefeito

Embora rompido politicamente com seu irmão Marconi Barretto, prefeito cassado de Ceará-Mirim, o agropecuarista e delegado de Polícia Civil aposentado Magnus Barretto sai em defesa do parente, por entender que a cassação foi injusta.

Marconi Barretto foi cassado por abuso de poder econômico e novas eleições acontecerão em 1º de dezembro próximo.

Magnus Barretto argumenta que o motivo da cassação foi o fato de ter havido a “limpeza” do rio o que, segundo ele, acontece há mais de 50 anos, sempre promovida por sua família. “Meu avô já mandava limpar o rio, eu mando limpar e Marconi também mandou limpar. Essa ação favorece nossas terras e também as terras de várias pessoas, mas nunca se pediu um voto sequer em troca disso. Eu e Marconi rompemos politicamente, mas resolvi falar, para dizer que ele é um homem honesto e que, diferentemente do que vem sendo dito pelo presidente da Câmara, Ronaldo Venâncio, que asumiu a prefeitura, a folha de pagamento ficou em dia, houve significativas melhorias na qualidade da saúde e na educação de Ceará-Mirim. Não se pode fazer política com mentiras, o povo merece respeito e o recado já vem sendo dado nas últimas eleições”, disse Magnus.