Treze desembargadores teriam recebido, em dezembro de 2019, o valor total de quase R$ 1 milhão, em razão de vantagens e indenizações

Tribunal de Justiça deve esclarecer pagamentos a desembargadores

O Tribunal de Justiça do Sergipe terá de prestar, em dez dias, informações à Corregedoria Nacional de Justiça sobre pagamento feito a desembargadores no mês de dezembro.

O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, determinou a instauração de pedido de providências após tomar conhecimento pela imprensa de que 13 desembargadores do TJ-SE teriam recebido, em dezembro de 2019, o valor total de quase R$ 1 milhão, em razão de vantagens e indenizações.

Segundo Martins, “a notícia traz fatos que merecem ser analisados pela Corregedoria Nacional de Justiça a fim de se apurar a eventual irregularidade de pagamento de verbas a magistrados”.