Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Professora Denise Fernandes
 Professora Denise Fernandes, especialista em área escolar / Assessoria de Imprensa/Divulgação

PSG Academy Natal disponibiliza turmas para meninas

Garotas com idade entre 4 a 19 anos podem realizar teste de nivelamento para ingressar na escola de futebol do clube francês na capital potiguar

O crescimento do futebol feminino nos últimos anos demonstra a quebra de barreiras sociais e mostra que a força da mulher no esporte vai muito além do que se possa imaginar. A elegância com a bola passou a integrar os campos e diversas jogadoras brasileiras se notabilizam como destaques em clubes pelo mundo inteiro, como os casos de Daniela e Formiga, integrantes da seleção brasileira e que defendem as cores do Paris Saint-Germain. E será na França a próxima edição da Copa do Mundo Feminina, no mês de junho, com a presença de 24 seleções.

Para atrair a atenção do público feminino, a PSG Academy Natal traz um método exclusivo de ensino, com a oportunidade para turmas mistas. As atividades buscam o aperfeiçoamento motor à qualidade técnica. A franquia potiguar planeja abrir uma turma exclusiva para as meninas nos próximos meses para atletas com idade entre 4 a 19 anos.

A escola do clube de futebol francês em Natal conta com a professora Denise Fernandes, carioca, mas radicada na capital potiguar há dez anos. Formada em educação física, possui especialização para área escolar e está presente nas turmas mistas para as categorias sub 8 a sub 11. A atenção com a formação motora de cada integrante é reforçada pela professora, que cita alguns itens observados em cada aula.

“O futebol auxilia na formação motora de um indivíduo, em razão dos trabalhos com as corridas, saltos, deslocamentos, noção de espaço, lateralidade. Quando esse trabalho é bem executado, o processo motor será potencializado levando os alunos a um repertório amplo dos movimentos. Com isso, realizamos as atividades com método igual para meninos e meninas”, conta Denise.

Denise sempre gostou de futebol e chegou a jogar em clubes amadores no Rio de Janeiro, em torneios realizados pela CBF. Na faculdade, conseguiu uma bolsa atleta jogando futsal e formou-se em educação física. Mas, para obter as vitórias profissionais, precisou quebrar diversas barreiras em casa para desempenhar o seu melhor.

“Consegui vencer pelo esporte. Minha mãe não gostava que eu jogasse futebol, por considerar que fosse um esporte para meninos. Sabendo disso, um tio me levou para jogar em um time feminino no bairro aonde morava, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e iniciei no esporte competindo em algumas competições organizadas pela CBF. Depois de um tempo, joguei por uma equipe de futebol de areia em Copacabana e fiz um teste para uma equipe profissional, mas minha mãe não me deixou continuar. Quando entrei para a faculdade, ganhei uma bolsa atleta e passei a jogar futsal, dessa vez com o apoio dela. Joguei nessa época não mais com o sonho de ser atleta profissional, mas já pensando na formação acadêmica e, posteriormente, em ser professora de educação física e futebol. Nesse caminho, pratico o esporte até hoje como forma de lazer e saúde”, destaca.

Para fazer parte da PSG Academy Natal, as meninas interessadas devem procurar com pais ou responsáveis a unidade potiguar na Avenida dos Caiapós, em Pitimbu, em frente em Vita Residencial Club, de segunda a sexta, das 8h às 20h, ou no sábado, das 8h às 12h, para agendar o teste de nivelamento. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 98181-9000 ou pelo site www.psgacademy.com.br.