Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Emmanoel Pereira
 Ministro Emmanoel Pereira / Geraldo Magela/Agência Senado

Senado aprova indicação do potiguar Emmanoel Pereira para compor CNJ

Natalense e formado em Direito pela UFRN, Emmanoel é ministro do TST desde 2002 e seu nome foi aprovado com 64 votos favoráveis, 7 contrários e 1 abstenção

O plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (09), a indicação do ministro do TST, Emmanoel Pereira, para compor o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no biênio 2019/2021. O ministro foi indicado pelo Tribunal Superior do Trabalho para representar a corte no CNJ em substituição a Aloysio Corrêa da Veiga.

O ministro está no TST desde 2002, já foi consultor jurídico da Câmara Municipal de Natal e procurador-geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Atualmente, atua como membro do Conselho da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho.

Emmanoel é pai de outros juristas de nome conhecido no Brasil inteiro. Um deles, Emmanuel Campelo, também foi membro do Conselho Nacional de Justiça. O advogado Erick Pereira, reconhecido jurista mestre em Direito Constitucional, é outro filho do ministro Emmanoel.