Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Agentes da GMN
 Agentes da GMN / Assecom SEMDES/GMN

Guarda Municipal aperfeiçoa agentes no manuseio e uso de armamentos

Treinamento aperfeiçoa o manusei de pistolas 380 e carabina calibre 12

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) através do comando daGuarda Municipal do Natal (GMN) concluiu nesta quarta-feira (27) mais uma turma no Curso de Tiro Policial com a realização do treinamento prático de pistola 380 e espingarda calibre 12 direcionado aos guardas municipais de Natal. A capacitação é necessária já que a Prefeitura adquiriu pistolas e espingardas, que estão sendo utilizadas pela GMN no patrulhamento preventivo realizado nas ruas da capital.

O treinamento prático com arma de fogo foi efetivado no estande de tiro do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope). Na capacitação os guardas municipais efetuam diversos disparos em alvos fixos e móveis no sentido de aperfeiçoar a mira e os procedimentos de carga e recarga rápida do armamento. Ao longo do ano, todo o efetivo passa pela qualificação, que é organizada utilizando um cronograma de turmas sequenciadas de maneira a não prejudicar o efetivo destinado as rondas de segurança cotidianas de competência da instituição.

O curso completo contou com mais de 100 horas de aula, sendo 70% das instruções de atividadespráticas. As instruções aconteceram no período diurno e agora com ao término da habilitação, os guardas municipais aprovados podem portar dentro e fora do serviço, além de revólver calibre 38, a pistola 380 e a carabina 12.

Nessa turma, finalizaram a capacitação 33 guardas municipais. A prioridade nas vagas foi para aqueles que atuam nas unidades móveis da GMN, estando diretamente ligados ao serviço operacional de patrulhamento ostensivo. Os agentes também foram submetidos e considerados aptos em exame psicológico.

O comandante da GMN, Alberfran Grilo, ressaltou que o curso traz para o corpo operacional daGMN mais qualificação e é uma nova ação da gestão municipal no sentido de contribuir com o fortalecimento da instituição. “Nesse sentido o trabalho conduzido pelos instrutores buscou sempre a simulação do emprego da arma no dia a dia das equipes operacionais da GMN, já que a aplicabilidade da qualificação é para tiro policial”, comentou.

O subcomandante de Instrução da GMN, Sousa Filho, explicou que o curso é uma forma de manter o efetivo operacional apto a atuar em situações de crise, podendo fazer uso do armamento letal de maneira segura, dentro dos padrões técnicos exigidos pelos manuais de segurança pública e da legislação em vigor. A capacitação foi conduzida pelo Núcleo de Instrução da GMN que conta com agente credenciado como instrutor de tiro junto ao Departamento de Polícia Federal do Rio Grande do Norte.