Senador Jean Paul Prates / Foto | Jefferson Rudy/Agência Senado

Contrário à Reforma da Previdência, Jean-Paul apoia “PEC paralela”

Senador criticou proposta do Governo Federal, mas defendeu a entrada de estados e municípios na reforma

O senador Jean-Paul Prates, do PT, que é contrário à Reforma da Previdência, garantiu apoio ao projeto que ficou conhecido como “PEC Paralela”, que visa incluir estados e municípios na reforma.

Em entrevista ao programa Enfoque Político, da Super TV, ele disse que a reforma que saiu da Câmara dos Deputados não é a mesma que entrou. Na visão dele, os deputados conseguiram “desidratar as coisas mais cruéis” da proposta do Governo Federal para modificar o sistema previdenciário.

Contudo, ele ponderou que o apoio para a PEC paralela é importante para ajudar as contas públicas dos estados e municípios, que enfrentam crises financeiras e dificuldades para pagar servidores e fornecedores.

“Parece incongruente, mas faz todo o sentido [o apoio à PEC paralela]. Como você sabe que não vai conseguir brecar o pacote como um todo e ele vai passar de todo o jeito, a forma de você fazer uma reforma da Previdência, por exemplo, mais suave, para estados e municípios, não existe. Não é possível um país ter 5 mil, 6 mil, sistemas de previdência completamente diferentes uns dos outros”, explicou.