Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Encontro dos Governadores do Nordeste
 Encontro dos Governadores do Nordeste cria o Consórcio do Nordeste / Karlos Geromy

Governadores do Nordeste firmam acordo e criam consórcio regional

Buscando a integração e o fortalecimento ecônomico da região em tempos de crise financeira no País, Governadores do Nordeste se unem e firmam acordo

Na manhã desta quinta-feira, a cidade de São Luís, capital do Maranhão foi placo da consolidação do Consórcio do Nordeste, que contou com a presença de oito governadores e um vice-governador da Região. O Consórcio tem como objetivo firmar parcerias entre as unidades federativas, bem como economizar recursos financeiros.

Segundo Flávio Dino, anfitrião do Fórum e governador do Maranhão, os estados poderão realizar contratações em conjunto, o que deve diminuir os gastos para cada uma das unidades federativas. Os contratos podem se abranger aos mais distintos serviços, desde que seja comum aos estados signatários do consórcio, como por exemplo, a compra de viaturas e armamentos para as policias militares.

A Governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra participou do encontro, onde propôs que fosse solicitado ao Ministro da Economia, Paulo Guedes, o envio do projeto de lei com o programa federal de recuperação fiscal dos Estados.

A Governadora do RN, através de sua conta na rede social Instagram, definiu a criação do Consórcio do Nordeste como: “Uma iniciativa capaz de articular políticas de atuação conjunta entre os nove estados para uma otimização das gestões em prol do desenvolvimento de toda a região”.

Para a economista pernambucana, Tânia Bacelar, em comentário para a Revista Nordeste, a criação do Consórcio gera um contraponto ao Governo Bolsonaro, que ainda não apresentou uma proposta consistente para o País e, em especial, para o Nordeste.

Tânia elogiou a iniciativa, declarando que: “Num Brasil dilacerado, o Nordeste se une”. Doutora em Economia Pública, Planejamento e organização do espaço pela Universidade de Paris I Tânia Bacelar tem total propriedade para falar sobre o assunto e concluiu dizendo o seguinte: “O modelo de compartilhamento é uma das características da economia do século XXI e neste particular o Nordeste se apresenta avançado”.