Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Cipriano Maia
 Cipriano Maia, secretário de Saúde do RN / Foto | Alberto Leandro

Governo quer dividir responsabilidade da saúde estadual com municípios

A governadora do RN enviou, nesta quinta-feira (5), à Assembleia, um projeto de Lei que prevê consórcios entre Estado e Municípios para administração da saúde

A edição desta sexta-feira (6) do Diário Oficial da Assembléia Legislativa, traz o Projeto de Lei, enviado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, que propõe a criação de consórcios interfederativos entre o Estado e os Municípios, com o objetivo de manter uma cooperação técnica que possa servir de base para a manutenção e gerenciamento dos serviços de saúde oferecidos à população com base nas diretrizes do SUS.

De acordo com o projeto, os consórcios deverão ser celebrados observando o Plano de Regionalização do Estado (PRD) , que divide os municípios potiguares em oito “Regiões de Saúde”.

O secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, fala sobre as expectativas de resultados com os consórcios: “Poderemos utilizar recursos do estado e dos municípios alocados na região para que possamos gerenciar melhor os nossos hospitais, a organização da linha de cuidado, a interação com a atenção primária e assim, no planejamento regional integrado, a gente ter um melhor resultado com os recursos que já temos”, disse Cipriano.

No documento enviado à Assembleia, a Governadora Fátima Bezerra fez questão de destacar que o modelo de negócio foi sucesso nos estados da Bahia, do Pernambuco e do Ceará, numa clara tentativa de justificar que é possível a realização dos consórcios também no Rio Grande do Norte.